Segunda-feira, 14 de Maio de 2007

Nada e tudo...

Conversa de hoje entre os neurónios x e y na minha cabeça:

x: O que é que se passa contigo?
y: Nada e tudo...
x: Nada ou tudo?
y: Nada e tudo...
x: E tudo se pode resolver?
y: Ás vezes acho que sim, outras vezes desespero...
x: E de que forma é que desesperas?
y: Fico triste, muito triste...
x: E a tristeza pode passar?
y: Eu gostava muito, mas quando começa a passar há sempre alguma coisa que estraga...
x: E estraga completamente?
y: Às vezes sim, outras vezes acho que já começo a ficar vacinada!
x: Vacinada ou indiferente?
y: Prefiro vacinada...
x: Não podes fazer nada para que isso não aconteça?
y: Bem tento... por vezes parece inglório!!
x: Mas porquê? Não vale a pena?
y: Vale, claro que sim, mas gosto de remar a bom porto acompanhada e não de sentir que estou a viajar sozinha!
x: Sozinha?!
y: Sim, é assim que me sinto por vezes...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:42
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De barafundida a 15 de Maio de 2007 às 16:57
Estás mesmo aborrecida?!
Anima-te pelo menos os teus neurónios ainda conversam!
E não estás só, estás um bocadinho perdida,
talvez...
Bjs
De Carla a 15 de Maio de 2007 às 17:33
Mais ou menos, o aborrecimento vai e volta e eu aqui ansiosa que ele se vá de vez... o sorriso e a alegria combinam bem mais comigo!!
É verdade, conversam, e mais parecem a boa e a má consciência... mas eu não me sinto perdida, de todo, sei o que quero, e como quero, mas sozinha sim, sinto-me um bocadinho sozinha na vontade em que tudo corra pelo melhor, nas decisões, etc, etc.
Bjs
De barafundida a 16 de Maio de 2007 às 14:42
Carla, se sabes o que queres, é meio caminho andado. E uma mulher determinada como tu só vai descansar quando consegui o que quer.
Agora que te sintas só eu compreendo, não tens o apoio de quem mais querias ter, para tomares essas decisões em pleno. Mas acredita que mesmo que aos pouco, e vendo o quanto é importante para ti, essas pessoas vão perceber, e até apoiar. Tens de dar tempo ao tempo. Tu sabes disso, mas a espera, desespera... não é...?
Bjs
De Xanytta a 15 de Maio de 2007 às 20:41
Só passei para te deixar um beijo....relaxa! E se por momentos achas que estás sozinha a remar contra a maré, lembra-te que ás vezes mais vale só do que mal acompanhada.
e lembra-te sempre que amanhã ó outro dia....tudo recomessa.
Fica bem. Jinho
De Carla a 16 de Maio de 2007 às 10:54
É verdade, há sempre um dia atrás do outro... e a esperança de cada um que passa seja sempre melhor que o anterior!
Obrigado.
Bjs
De esquecida a 15 de Maio de 2007 às 23:16
Oi, só passei por aqui para partilhar uma coisinha: sabes que fiquei mais bem disposta pelo simples facto de comprar uns sapatos de salto alto? achas que faz sentido? Pois decidi trocar os meus sapatitos baixos por uns bem mais altos. Decidi arriscar e só por isso fiquei a sentir-me mais...como hei-de explicar? Bem, acho que sabes qual é a sensação...
Tu deste-me involutariamente um empurrãozinho. Obrigado. Bjs.
Sinto-me
De Carla a 16 de Maio de 2007 às 10:58
Fizeste bem... uma mulher de saltos vai sempre mais além, e tu também irás com certeza.
Sei o que sentes... e este é apenas mais um dos prazeres que só uma mulher pode sentir... por isso há que abusar, e demonstrar assim a nossa elegância e altivez.
Aproveita os teus saltos altos, usa e abusa deles e rende-te aos seus semelhantes... tu mereces!
Bjs
De esquecida a 16 de Maio de 2007 às 11:16
Sabes Carla, uma coisa curiosa que acontece comigo, é que quando acordo sem motivação para nada, naqueles dias em que não apetece sair da cama para fazer nada, mas tem de ser, só me apetece sair de casa calçando uns sapatitos rasos e super confortáveis, (incuindo as minhas pantufinhas "queridas"), mas como não pode ser...
Concordo plenamente que uns sapatos de salto alto são giraços e fazem um vistão, mas em termos de conforto, deixam um bocadinho a desejar.
Já sei que não concordas, mas ainda não me habituei à ideia a 100%. Mas estou a trabalhar para isso.
Fica bem.
De Carla a 17 de Maio de 2007 às 12:18
Não te critico... e até acredito e também usufruo do conforto dos chinelos... mas em casa (que é também o meu refúgio e aí sim faz todo o sentido o confoto)... ou na praia, mas aqui porque simplesmente não dá jeito nenhum andar de saltos... tanto para mais porque se enterram na areia e é horrível!
Mas continuo a dizer é possível estar-se confortável com saltos altos, e vistão à parte é o sentimento de altivez que vinga quando os calço...
Bjs
De aspalavrasnuncatedirei a 16 de Maio de 2007 às 10:20
Se tiveres que caminhar sozinha fá-lo sempre de saltos altos, que é como quem diz, com elegância, requinte e segurança na pessoa fantástica que és. Beijinhos.
De Carla a 16 de Maio de 2007 às 11:00
Mas eu não largo nunca os meus saltos altos... já fazem parte de mim... e esteja mal ou bem eles acompanham-me como poucas pessoas terão capacidade de o fazer... são os meus aliados!
Bjs

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Quero férias!!

. A magia da noite

. 7 verdades sobre mim...

. ... e outra vez!

. Fui nomeada uma...

. Cansada...

. Íman

. Que saudades...

. ...

. Pequeninas grandes coisas...

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds