Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

Era uma vez uma Princesa chamada Mariana...

Era uma vez uma Princesa chamada Mariana, nasceu no dia 8 de Novembro de 2002, um dia de sol por sinal, não podia ter sido um dia melhor... começou bem a pequena, deu à mãe um parto santo, que por sua vez não sabe o que é ter dores de ter um filho, apesar de ter nascido crescidota! Não nasceu em berço de ouro, mas num berço de muito amor, foi muito, muito desejada, e feita com todo o cuidado... se calhar por isso saiu tão perfeita... é linda a Princesa Mariana. De olhos verdes, cabelo castanho claro com umas madeixas (naturais pois está claro...) alouradas e cabelo encaracolado hoje e desde sempre encanta todos com o seu ar. Mas já tem uma personalidade extremamente vincada, sabe o que quer e quando quer, e já sabe fazer charme... os sapatos altos da mãe já fazem as suas delícias, assim como os brincos, pulseiras, saias, e tudo o mais. É teimosa e exigente com ela própria, como a mãe, e tem o ar doce, melado e simpático do pai, formando um conjunto que só vendo... Diz que quer ser médica, mas ainda não decidiu se quer ser médica dos bebés, dos "grandes", da família, ou dos animais... já sabe escrever o nome dela e muito mais, sabe as letras de trás para frente e irrita-se por só lhe ensinarem o que ela já sabe (onde é que eu já vi isto?)... mas refere-se a ela própria como sendo uma Princesa e quem sou eu para lhe dizer que não é? O pai às vezes diz-me: "a filhota vai crescer a acreditar em princípes e princesas", mas eu pergunto ela não está na idade disso mesmo? Tem tempo para deparar com a realidade... as coisas mais importantes e nem sempre agradáveis eu vou-lhe transmitindo aos poucos e ela é bastante inteligente para as perceber. Este texto é-te dedicado minha princesinha, és a minha vida, e estás sempre no meu coração!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 11:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Hoje vou dançar... de saltos altos!!

Hoje estou tão cansada que até mete dó... mas nem por isso vou faltar à minha aula de dança, e durante uma hora e meia vou tentar esquecer tudo e virar sevilhana... e sabem que é dos poucos momentos em que de facto quase tudo consigo esquecer?! Cada vez que bato com os pés no chão e dou azo ao sapateado sai uma preocupação, quando levanto os braços e endireito as costas a energia concentra-se toda aí dando origem a uma certa altivez, aí e nas minhas mãos e dedos que ganham vida própria... é fantástico, e é por isso que adoro..,. tenho pena de ter parado tantos anos com algo que faz sentir tão bem, mas hoje não me quero lamentar, quero antes dizer ainda bem que voltei... e que vou dançar, dançar até não poder mais.... depois sei que chegarei a casa esgotada física e psicologicamente... mas mais felíz! No meio disto tudo quem paga é a minha cara metade que não tem para ele o carinho e atenção a 100%, mas eu sei que também ele me quer ver felíz, e dá-me a maior força para eu fazer o que mais gosto... E como remate, e depois destas passadas chega um Olé!!!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 12:38
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

Assim, assim... e sem a TAL hormona!!

Assim, assim é como me sinto hoje... e muito cansada! Ontem dei início a uma jornada que espero que me leve à felicidade e estabilidade emocional, entre outras coisas, nem eu própria acredito o quanto estou confiante nisso... Tive, ontem, uma consulta de medicina quântica, não conhecem?? Pois, eu também não conhecia e ontem tive o primeiro contacto com a mesma... e tudo se baseia num aparelhinho, por sua vez ligado a um computador e a mim própria (na cabeça, pulsos e pernas), que foi desenvolvido por um cientista ex-NASA e que era utilizado para nivelar tudo e mais alguma coisa aos astronautas quando em órbita (e coincidência das coincidências também eu já quis ser astronauta... andar na lua era o meu forte...)... Mas não é que o aparelhinho tem capacidade para "ver" tudo o que nos aconteceu quase desde o nosso nascimento, e que está registado no nosso cérebro (mesmo que não nos lembremos), o que nos afectou e afecta pela vida fora, etc? Acreditem, eu não precisei dizer NADA... limitei-me a confirmar... mas a sua função não é escarafunchar a nossa cabeça, mas sim nivelar tudo o que de mal está em nós, e resover. Mas a determinada altura tentou nivelar a serotonina (mais conhecida como a hormona da felicidade) em mim, e sabem que mais, não conseguiu à primeira, nem à segunda, nem à terceira...mas à quarta o meu cérebro lá admitiu que tal coisa entrasse nele, a explicação para tantas tentativas é que me deixou triste, e foi a seguinte: "o seu cérebro simplesmente não reconheceu a serotonina... e como tal não queria aceitá-la de forma alguma", ou seja, há muito tempo que o meu cérebro desconhece a TAL hormona que supostamente deveria fazer de mim uma pessoa mais feliz...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:48
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2007

Escolhas...

Todos os dias, a todas as horas, fazemos escolhas... somos obrigados a isso! Às vezes são conscientes, sabemos as implicações das mesmas e as suas consequências... outras vezes nem tanto... Mas mesmo assim fazemo-las... mesmo sabendo que vão magoar outras pessoas, depois dizemos que não tínhamos opção... mas na verdade tínhamos, apenas escolhemos o caminho mais fácil de percorrer... Há quem diga que tudo o que fazemos, vem devolvido três vezes... seja o bem, mas principalmente o mal, ou seja, se fazemos mal a alguém, mais cedo ou mais tarde havemos de pagar por isso, e é nesta vida e neste mundo que se paga... ou seja, cá se fazem cá se pagam... Mas as escolhas são essenciais, de preferência devem ser escolhas conscientes...e neste momento escolhi ser feliz, recuso-me a desistir de mim, a deixar que o tempo dite o meu futuro... quero lutar pelo meu lugar ao Sol, pelo direito que me assiste de ser feliz... Dizem que a felicidade é ambígua... para mim não é, apesar de ser muito mais do que vem no dicionário onde é definida como o estado de uma consciência plenamente satisfeita; satisfação, contentamento, bem-estar. - "Todos os homens, sem exceção, procuram ser felizes. Embora por meios diferentes, tendem todos para este fim". - Blaise Pascal
Hoje estou...:
publicado por Carla às 17:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007

Um dia...

Certo dia, já nem me lembro quando, a Tristeza foi fazer-me uma visita.... Eu assustada diante de tal criatura, com cuidado fechei-lhe a porta, e disse-lhe: -Vá-se embora, Sra. Tristeza; vá para outro lugar... Esta muito esperta, resolveu forçar: -Deixa-me entrar, pois não tenho onde ficar !!....Nunca te vou abandonar.... Se não me acolheres na tua Alma, jamais saberás chorar.... Com curiosidade, afrouxei a janela, só para ver o semblante da tal Tristeza..... Era de fazer dó! A sua face sofrida, em prantos implorava-me um pouquinho de compaixão, dizendo-me: Se me deres abrigo, serei para ti como uma irmã, estarei sempre contigo.... Na minha ingenuidade quis secar as suas lágrimas, abri as portas do meu coração, apenas para consolar a pobre da Tristeza que não cessava de chorar; lhe disse com carinho: -Tristeza, deixe-me abraçá-la.... No momento deste abraço senti um aperto no peito.... Sem me dar conta do tempo, a Sra. Tristeza saiu pela estrada festejando a sua astúcia.... Certa que me contaminou, transferindo a sua dor e fazendo-me chorar.... Nem se quer olhou para trás, percorrendo o seu caminho foi-se embora...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 18:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

O que é a felicidade?

Ser feliz é a ambição de muitos, senão de todos os que cá andam... Eu ainda não consegui definir o que é a felicidade para mim, não quero com isto dizer que não tenha os meus momentos felizes... sinto-me feliz a saber que tenho ao meu lado quem me ama , sinto-me feliz por poder olhar para a minha linda fihota que irradia saúde e bem estar, sinto-me feliz por ter o privilégio de trabalhar no que gosto, sinto-me feliz por não passar dificuldades financeiras, sinto-me feliz por poder contar com os meus pais... mas sinto-me frustada por querer mais ainda e colocar a felicidade num patamar que mais parece inalcançável... Será que o problema é só meu? Será que sou eu que sou muito exigente, porque quero sempre mais? Será que problema é das mulheres em geral? Bem sei que ser feliz tem conotações diferentes para toda a gente... mas será mesmo assim? Neste caso, nem os meus Saltos Altos me ajudam...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 15:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007

Hoje sinto-me.... amada!

Hoje, em cima dos meus saltos altos (um bocadinho pró desportivo) sinto-me amada, é bom sentir-me assim hoje... não que noutros dias não me tenha sentido, mas hoje especialmente sinto-me, de facto, amada e compreendida, e isso faz de mim uma mulher um bocadinho mais feliz, mais confiante! Confiante num futuro melhor e mais sorridente, e isso dá-me um novo alento... Uma mulher mesmo que seja um bocadinho só mais feliz é capaz de coisas mirabolantes, a sério que sim... as mulheres gostam de se sentir importantes na vida de alguém, tanto quanto ter pessoas importantes na sua vida... as mulheres gostam que as apreciem como elas são, que não as tentem mudar... as mulheres gostam de muita coisa que só as mulheres sabem, e que os homens jamais suspeitarão... mas não desanimem, nós próprias, por vezes, só nos apercebemos do que realmente nos faz sentir bem perante as situações. Hoje sinto-me amada e isso faz-me sentir muito bem! Apetece-me dançar, dançar até mais não... soltar-me, libertar-me de amarras imaginárias talvez, mas que sinto a apertarem-me de vez em quando. Hoje é um dia bom...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 15:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

O meu Eu de Saltos Altos...

Acho que chegou a altura de ser mais Eu neste blog, falar um pouco sobre mim, e que vai muito além dos Saltos Altos, que uso, adoro, e não passo sem eles... Sou mulher (como é óbvio), tenho 32 anos, sou do signo Carneiro, sou casada, tenho uma filha de quatro anos, e sou jornalista... Adoro o que faço como profissão, e adoro trabalhar, o que às vezes leva a que o meu marido reclame que dou mais importância ao trabalho que ao resto, mas não se trata disso, mas sim de uma necessidade enorme de me afirmar constantemente como boa profissional que sou... Tenho uma sede enorme de aprender mais e mais e a toda a hora!! Danço... adoro dançar, e há pouco tempo regressei (depois de mais de 10 anos) às minhas aulas de sevilhanas... E a dançar eu descomprimo, eu sinto-me livre, eu sinto-me eu própria, e até para dançar eu tinha de escolher uma dança em que usasse saltos altos, pois é... Costumo definir-me como complicada, até que hoje recebi um comentário a que achei graça: a complicação é que é mulher... se calhar é verdade! Mas quando digo que sou complicada é porque admito que sou dificil de contentar, e em tudo na vida quero sempre mais e mais. Funciona mais ou menos assim: eu coloco uma fasquia, e quando chego lá defino outra de imediato, e é sempre assim... e em todos os aspectos da vida. Os saltos altos aparecem na minha vida diariamente, são eles que me suportam esteja eu bem ou mal disposta, são eles que me acompanham para todo o lado, não reclamam de mim, e raramente eu reclamo deles... e para além disso fazem-me sentir melhor. É em casa quando calço os meus saltos altos que me sinto "pronta para a guerra"...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 14:37
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Quero férias!!

. A magia da noite

. 7 verdades sobre mim...

. ... e outra vez!

. Fui nomeada uma...

. Cansada...

. Íman

. Que saudades...

. ...

. Pequeninas grandes coisas...

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

online
blogs SAPO

.subscrever feeds