Sexta-feira, 27 de Abril de 2007

De saltos altos... eu me contenho!

De saltos altos eu me contenho... para não gritar, para não bater com os pés, para não mandar vir com toda a gente que me apareça à frente e para tantas outras coisas...

Uma mulher de saltos altos (hoje, mais altos era impossível!) à beira de um ataque de nervos, é assim que me defino hoje... Ontem terminei o dia com um banho quente e demorado e aqui confesso onde me fartei de chorar, chorar até mais não... limpei (parte) da alma e do corpo em simultâneo.
Se fiquei mais leve? Nem por isso, mas não me consegui conter...
E hoje por motivos profissionais, e não só, sinto que me estou a conter em todos os aspectos, porque eu não sou assim... sou mais do tipo vulcãozinho prestes a entrar em erupção constantemente...

Para mim parar é morrer e abrandar é começar a andar  para a cova. Bem sei que Roma não se fez num dia, mas acho que se assim não foi, foi porque ninguém se lembrou de o fazer...
Tenho uma ânsia enorme de viver, viver a vida, novas emoções, novas sensações... se calhar tem a ver com o passar dos trinta, mas eu acho que não, eu sempre fui assim, apesar de ter abrandado (por momentos) o ritmo quando nasceu a minha filha... mas neste momento sinto-me preparada para voltar à carga!!

São dilemas de uma mulher de saltos altos... mas continua-me a apetecer fazer coisas, e mais coisas... e já agora gritar, mas por ora tenho de me conter!

Sabem aquela música do Robie Williams - Feel? É mais ou menos assim que me sinto....
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:45
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

...

Um sorriso...
um sorriso faz milagres...
tem a capacidade de nos deixar bem para o resto do dia...
e custa tão pouco...
transmite-nos compreensão, dá-nos aquele carinho...
ajuda-nos a enfrentar o resto dia...
e a por os problemas para trás das costas...
quando recebo um sorriso, por momentos esqueço-me de tudo de mau...
é tão bom receber um sorriso!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:33
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 24 de Abril de 2007

Hoje...

Hoje apetecia-me ter uma noite especial com tudo a que tenho direito...
apetecia-me ser mais eu...
apetecia-me rir sem motivo...
apeteceia-me ter ouvido alguém dizer-me que mais parecia que tinha visto passarinho verde ou azul ou de qualquer outra cor, era bom sinal... mas não ouvi!
apetecia-me ir dançar para além da aula que vou ter hoje...
apetecia-me ter um jantar especial... beber um vinho especial... e continuar por aí noite fora...
apetecia-me tanta coisa, que sei que não vou ter...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 18:34
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Abril de 2007

Massagem, Sushi e Sexo

Querem combinação melhor?! Não há...

Acordar tarde e a más horas depois de uma noite bem passada... ir comer um gelado a uma esplanada em pleno coração da cidade... usufruir de uma massagem que relaxa e desperta os sentidos ao mesmo tempo, e que não deixa passar em branco nem um pedacinho do meu corpo... e mais tarde aterrar no melhor restaurante japonês da cidade e deliciar-me com sushi e sashimi, a minha comida favorita... e terminar a noite a despertar outros sentidos !!! Este foi o meu sábado, tranquilo... e quase sempre de saltos altos, pois está claro!

E é tranquila que me mantenho e prometi a mim mesma que esta semana tudo farei para me manter assim... não deixarei que ninguém, mesmo ninguém me perturbe e quem ousar fazê-lo não terá o melhor de mim... e irá por onde veio... eu devo isso a mim própria... se vou conseguir ou não veremos, mas esta é a minha forma de arejar a cabeça, preciso de me encontrar!!

Claro que o meu Zen é relativo... e não chega ao yoga nem nada que se pareça... sou mais eu que o defino, assim como aos meus limites...
São 16H15 da tarde e os meus colegas de trabalho que quase não falam deixam-me entediada, pois bem já estou de phones nos ouvidos, e com o meu iPod no máximo, agora dançava, oh se dançava!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Oops!!...

Na passada sexta-feira, no final de um intenso dia de trabalho, fui "brindada" com um segredo do meu marido que nessa noite não tinha conseguido dormir:

"...voltas e voltas e o sono não chegava, sentia o corpo cheio de adrenalina por ter ido nadar. Uma vontade enorme de fazer amor. Era daquelas noites de um amor terno, lento e sensual.
Mais voltas e voltas e o pensamento não me saia da cabeça, já imaginava as sensações, o aperto, o êxtase.
Olhei para ela, dormia perfumadamente cansada de um dia exausto.
Vou acorda-la! E falar-lhe do meu apetite?
Não vou deixá-la descansar, a vida dela não tem sido fácil!
Suspirei… e comecei a falar com os meus botões, “pensa no Benfica, na Fórmula 1 em qualquer coisa menos nela”.
Voltas e mais voltas e o cheiro dela entrava-me pelo nariz com um perfume de amor. Dei por mim com o meu corpo já encaixado no dela e a sentir-lhe o seu calor.
Já não aguentava mais, transbordava testosterona.
Queria mais, ela é a minha droga, não passo sem ela. Meti a mão no rabo dela, suave, redondinho e apalpei-o como se fosse a ultima vez.
É agora! Vou acorda-la!
Não é melhor não. Não lhe vai apetecer, está cansada. Não vais querer ouvir um não.
Conformado virei-me para o outro lado e tentei dormir.
Dormi mal mas dormi."

Oops!!...
De referir que "ela" sou eu....

Para esfriar a cabeça nada como ir beber uns copos, pois bem a filhota fcou com a minha mãe e fomos com um amigo ao nosso restaurante de referência o Vino Tinto, ali na Praça de Touros do Campo Pequeno, óbvio que já saimos de lá "muito bem" depois de umas três horas à mesa, muito bem acompanhados... um bom início de fim-de-semana, bem como eu gosto, para dar início ao relax...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 11:10
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

Porque quero sempre mais?

Às vezes pergunto-me se o problema é só meu... mas em tudo na vida eu quero sempre, sempre mais, e acho que é um dos principais motivos pelos quais eu não me sinto muito feliz... senão vejam:

Desde miúda quando comecei a ir para a escola ficava danada por os professores só me ensinarem o que eu já sabia, negava-me a andar consoante a maré dos outros, queria aprender mais e mais... E sempre fui assim com os estudos, nunca ficava satisfeia com as notas que tinha (que não eram nada más) porque queria mais...

Quando comecei com os meus primeiros namoricos, depressa me fartava e queria mais, não em quantidade mas em qualidade, exigia e dificilmente me sentia satisfeita...

Hoje tenho uma filha, mas continuo a sonhar com mais, sempre foi me desejo ter três...

Sempre exigi muito do meu marido... e continuo a exigir...

Mesmo no trabalho, mesmo que seja muito quero mais... sempre mais...

Quando vou sair e dançar, não consigo disfarçar a insatisafação de me ir embora...

Sou exigente comigo (nem imaginam como!!), mas também o sou com os outros, quero mais e mais...

Mas uma coisa é certa: quando algo me enche as medidas, sinto-me mais completa e faço tudo para não a perder...
O problema é meu? É dos Carneiros? É das mulheres? É de quê afinal?
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:39
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quarta-feira, 18 de Abril de 2007

Eu...

Ontem não estava nos meus dias, nem todos podem (infelizmente) ser dias bons, no verdadeiro sentido da palavra... e chateada como estava, por motivos que nem me apetece falar aqui, nada como desforrar-me no McDonald's, podem não acreditar mas saí de lá mais satisfeita...

De seguida fui dançar, queimar calorias ingeridas, e foram quase duas horas em que encarnei a personagem de uma verdadeira sevilhana, transpirei por todos os poros e ao som da música flamenga libertei-me de amarras invisíveis... e quando saí da escola já a noite ía longa e apeteceu-me de repente ser uma criança de cabelos ao vento, continuar a dar uso à minha saia (que não tirei), e aos meus saltos altos e dançar ali, na estrada, sem ninguém por perto, com os olhos postos nas estrelas sem pensamento algum...
 
E de repente, como há muito tempo não tinha, tive saudades do sorriso despreocupado e constante... de uma vivacidade contagiante... Quando somos cianças não damos valor, simplesmente porque não temos de dar, nem tão pouco temos capacidade para pensar nisso, mas  é tão  bom correr livre de amarras... em passos pequeninos saltitantes... ou em correrias loucas galopantes ... por todo o lado!
 
Ontem, como nunca, tive saudades dessa felicidade inconsequente... dessa alegria envolvente... que iluminava o nosso olhar de cor... de luz. Apetecia-me rir... rir sem motivo algum, porque só quando somos crianças isso nos é permitido... quando crescemos temos de ter um motivo para tudo!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 11:01
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 17 de Abril de 2007

Hoje estou...

Cansada   Sem inspiração  
Chateada   Com muito trabalho  
Pouca disposição seja para o que for   Frustada 
Sem vontade de rir   Com alguma vontade de chorar   
Desejosa da minha aula de dança de logo à noite  
Com vontade de dormir e esquecer que acordei
Imprópria para "consumo"!!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 18:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 16 de Abril de 2007

É bom sentir-me amada...

É bom sentir-me amada depois de quase 11 anos de vida em comum...

Casámos à quase 9 anos, e o nosso namoro começou quando menos esperava, não estava nem aí para paixões, nem nada que se parecesse, estava concentradíssima na faculdade, e pouco mais, mas a tua simpatia e a simplicidade com que me abordaste foi o que mais me fascinou! Não és um homem feio, nem nada que se pareça... mas não foi a tua beleza que me atraiu numa primeira instância!

Foste-me conquistando aos poucos, com muito carinho, atenção, compreensão, amor e muita amizade e quando eu dei por mim já não imaginávamos a nossa vida um sem o outro.

Passados menos de 2 anos, alugámos a nossa primeira casa e planeávamos o nosso casamento, um dia muito feliz, eu estava muito nervosa, chorei desde que saí de casa até sair da igreja, mas não com medo... e apesar de, anteriormente, nunca ter tido grandes sonhos com casamentos, achava que o dia que acontecesse só faria sentido se fosse para a vida inteira...

Não posso dizer que não temos as nossas discussões, mas no fim resolvemos sempre tudo conversando e nunca impondo a ideia de um ao outro mas sim respeitando-nos mutuamente, desde o início impusemos uma regra no nosso relacionamento: nunca nos deitarmos zangados, tem resultado...

Gostaria de poder dizer que o nosso casamento será para sempre, mas uma coisa te posso dizer: amar-te-ei para sempre... foste tu que me ensinaste o que é o amor, foi contigo qu me tornei mulher, deste-me o que de mais valioso tenho na vida: a nossa filha, e tudo o que construimos até aqui tem um valor incalculável!
Este é para ti!!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 17:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Beatriz

O meu fim-de-semana foi muito marcado pelo nascimento da minha nova sobrinha, e é a ela que dedico o meu primeiro post de hoje. A Beatriz fez ontem com tão pouquinhas horas de vida as minhas delícias quando tive oportunidade de lhe pegar ao colo... foram poucos segundos, e o intuito foi de ajudar a recente mamã, mas foram momentos deliciosos!!

Rebentei em saudades, saudades de ter um bebé nas mãos, de o acariciar, de simplesmente olhar para ele... é, de facto, das melhores coisas do mundo! E cada vez que me atacam as saudades penso em ter outro, sempre quis ter três, e depois digo:
Não Carla, sabes que não podes... não é altura!

Mas à Beatriz desejo as maiores felicidades do mundo. É Carneiro a pequena, um óptimo signo digo eu que também o sou, por isso Martinha prepara-te: teimosia, preserverança, e uma personalidade muito vincada farão parte, mas não se ficará por aí, porque quando quiser será a pessoa mais meguinha do mundo, e melhor de lidar!!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 14:39
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Abril de 2007

Voltou...

Voltou a menina dos meus olhos, a minha alegria de viver... a minha filhota já está comigo novamente... não imaginam o prazer que senti ontem ao ir buscá-la, abraçá-la e enchê-la de beijos, fazer o jantar preferido dela, e depois deitar-me com ela para ouvir as histórias que tinha para me contar (que são sempre muitas!!! aquela bate a mãe aos pontos quando se trata de falar...) e depois ouvir "Mamã gosto tanto, tanto, tanto de ti, e tinha tantas saudades tuas"!

Claro que hoje já nos "pegámos" de manhã e eu ouvi da boca dela: "Não gosto de ti... e hoje estás feia", e pior é que eu fico a matutar naquilo... aquela pirralha tem um poder de me tirar do sério... mas passado um bocadinho fizémos as pazes com um abraço cúmplice acompanhado por: "Mamã não estás nada feia, estás muito gira... e gosto muito de ti".

Mas sabem que hoje é DIA DO BEIJO? Eu não sabia (fiquei a saber...) e para além disso é SEXTA-FEIRA 13... Eu gosto de ambos: de beijos e da sexta-feira 13, este último nunca considerei um dia de azar, e gosto especialmente do dia, e se houver lua cheia tanto melhor (mas não há, já confirmei...). Agora o beijo, o beijo diz tudo sobre a pessoa que nos oferece tal dádiva... se é carinhoso, se gosta de nós, se não gosta, se é atenciosa, ou não, e poderia continuar por aí a fora, mas... enfim um simples beijo, nunca é um simples beijo.

Há beijos que nos ficam na memória para sempre, pelo sabor (bom ou mau), pela forma como é dado (desajeitado ou não), pelo carinho que neles é depositado, pela pessoa que nos dá... e mais não digo!!!
E mais: um beijo bem mexe com algumas centenas de músculos ao redor da boca, e quer acreditem quer não faz-nos queimar calorias... imaginem se o beijo for tão, mas tão bom, dos tais: QUE NÃO SE ESQUECEM!
Hoje estou...:
tags:
publicado por Carla às 14:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 11 de Abril de 2007

Olé Sevilhanita...

Foi assim que ontem fui recebida em casa eram quase 22H30, ainda com a minha saia comprida de sevilhana (que não me apeteceu despir com o cansaço...), vinha da minha aula de dança, onde dancei, vibrei, sapateei, e não pensei em absolutamente mais nada... aquela quase hora e meia foi minha, só minha, e durante a mesma fui eu. O meu EU veio completamente ao de cima, mais não consigo explicar... mas imaginem-se a fazer algo que adorem, que vos faça esquecer do mundo e que traga o que de melhor têm ao de cima!

Hoje e cada vez mais me arrependo de ter deixado a dança tanto tempo, e inevitávelmente penso que se não o tivesse feito teria evoluido muito mais, como na verdade queria, e convenço-me também que devemos lutar contra tudo e contra todos quando a moeda de troca é muito mais proveitosa, os outros podem achar insignificante, mas basta ser importante para nós, ninguém é igual a ninguém...

Estou assim, numa fase tranquila (dentro do possível) da minha vida, a dar um passinho de cada vez para chegar onde mais ambiciono (sim, sou ambiciosa!!)... quem sabe ao "Paraíso", e digam o que disserem não desisto de viver, e se tenho ainda muito para viver...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 10 de Abril de 2007

"Como tu há poucas..."

Sim, sim estou bem melhor hoje...
está um dia de Sol lindíssimo, e eu adoro dias assim, passou-me a neura!!
Ontem não foi de todo um dia bom, sentia-me insatisfeita com a vida de um modo geral, apetecia-me fazer coisas diferentes (que nem eu sabia o quê), enfim, sair da rotina que eu não gosto nada... e ainda consegui chatear a minha cara-metade que me disse: "a rotina faz parte da vida, quer queiras quer não", mas eu recuso-me a acreditar nisso, acho sempre que podemos e devemos fazer algo mais, algo que nos permita deitarmo-nos à noite e dizer: hoje foi um dia bom!

Apesar disso, continuo com muitas saudades...

No fim-de-semana passado recebi um elogio enorme, e eu digo enorme não que não por não ter sido sincero ou merecido, mas quem mo fez tinha diversos motivos para não tê-lo feito...
Estava eu e o meu marido a falar da nossa filha, do feitio dela, da teimosia, a determinação, etc, etc, e ás tantas digo: tem mesmo a quem sair, é mesmo minha filha... E como reposta oiço: "E ainda bem que sai à mãe, porque mulheres como a mãe há mesmo muito poucas!!", não respondi, fiquei sem palavras... até que logo a seguir recebi um abraço e mais algumas palavras "mãe, amiga, mulher, amante, bonita, sexy, inteligente", e eu mantive-me sem palavras...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 10:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 9 de Abril de 2007

Assim, assim... como o tempo!!

Assim, assim como tempo é como me sinto, na minha cabecinha nem chove, nem faz sol... Depois de um fim-de-semana calmo, relaxado, zen e tudo o mais, no qual fiz uma série de coisas que me souberam muito bem... como ir à praia ao final da tarde comer um petisco e beber um copo depois de uma bela massagem... e cozinhar (sim, sim!!, eu gosto muito de cozinhar, e embrenhei-me a fazer um almoço de Páscoa à séria e um bolo, entre outras coisas)... chego a segunda-feira com a sensação de que o trabalho mais do que acumular aumenta diáriamente... bom sinal digo eu, mas deita por terra a massagem, a praia,e tudo o mais... é o regresso ao dia-a-dia, e à agitação que tanto gosto... tudo faz parte do meu ponto de equilíbrio!!

Mas para além disto tudo, sinto-me um bocadinho triste hoje, sem saber muito bem porquê, estou cheia de saudades da minha pequenina (faz-me tanta falta!!!!!!!!), faz-me falta a agitação matinal que ela injecta em mim, e a rotina de me levantar, acordar a pequena com muiiiiitos beijos e cócegas, vesti-la, dar-lhe o pequeno-almoço e só depois penso em mim... e às vezes também ela me quer vir ajudar a vestir... esta é a rotina que melhor me sabe na vida,e que tanta falta me faz... pronto lá estou com a lágrima no canto do olho!

Já passa digo eu... agora vou a correr para uma reunião
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 5 de Abril de 2007

Trabalho + Trabalho = Muito Trabalho

Estou mesmo cheia de trabalho, nem imaginam... deve-se ter notado pelo post de ontem, não?! Ontem fechei 46 páginas, foi sempre a "doer"...
Mas agora decidi-me por um muito pequenino intervalo (também essencial)...
Neste momento aqui na empresa já quase toda a gente foi embora, eu vejo-os passar e a desejar "boa Páscoa e muitas amêndoas" a torto e a direito, e eu... nem estou para aí virada, nem para a Páscoa, nem tão pouco para as amêndoas!!

Hoje já falei com a minha pequenina, que me disse "mamã tenho muitas saudades tuas e estás sempre no meu coração", quase que me vieram as lágrimas aos olhos... mas depois perguntei-lhe, "mas estás contente por estar aí?" E ela respondeu-me: "sim mamã, estou muito contente", e pronto o meu coração mole fficou mais descansado... sei que ela está bem, que mais posso querer???

Olho para a janela e vejo "supreendentemente" um dia bonito, e eu adoro o meu trabalho... mas hoje apetecia-me especialmente relaxar, ir beber um copo a um sítio agradável, ter um jantar ainda mais agradável, e já agora porque não ir dançar um bocadinho?! Sim, ainda tenho energia para dançar... mesmo com muiiiito trabalho deve ser das poucas coisas para a qual tenho sempre uma resteazinha de energia. Mas acho que ainda vou ter de levar trabalho para casa...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 17:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 4 de Abril de 2007

Saudades

Estou morta de saudades... a minha filhota foi passar férias (15 longuíssimos dias) com os avós... foi no domingo, mas eu já estou que nem posso! Faz-me tanta falta a minha pequena...e hoje não tenho tempo para mais... amanhã é outro dia!!!
Hoje estou...:
publicado por Carla às 14:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Abril de 2007

Princesa...

Sim, também eu sou uma Princesa, a minha filhota tem a quem sair... até nisto... e no último sábado fui tratada como tal.

Tive mimo, atenção, e tudo o que faz bem... cuidei de mim dos pés à cabeça, recebi presentes que adorei (em especial de uns sapatos de salto alto que andava a namorar faz meses...), tive um jantar surpresa no japonês (e deliciei-me como sempre com sushi e sashimi), e acabei a noite entre bons amigos, e com a minha cara-metade.

Foi muiiito bom!!!!!

Foi o meu dia, um dia feliz, um dia que para mim quis dizer muito mais para além do facto de ter feito anos, eu espero mantê-lo registado como um dia de MUDANÇA... essencialmente interior, sim, tomei resoluções interiores (muito minhas) que espero levar por diante de forma segura e com coragem, de modo a que daqui para frente me sinta melhor comigo e com a vida em geral.

Hoje com 33 anos sinto-me muito melhor do que há 10 anos atrás, não trocava... tenho mais preocupações e responsabilidades talvez, mas hoje sou muito mais mulher em todos os aspectos, para além disso fui mãe, a maior e melhor experiência que me aconteceu, a minha filha é a minha vida; estou mais madura; mais experiente; mais bonita até...
Hoje estou...:
publicado por Carla às 16:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Quero férias!!

. A magia da noite

. 7 verdades sobre mim...

. ... e outra vez!

. Fui nomeada uma...

. Cansada...

. Íman

. Que saudades...

. ...

. Pequeninas grandes coisas...

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

online
blogs SAPO

.subscrever feeds